23/01/2009

Ás vezes é preciso...


Empurrada pelo desdino fez um convite...
Inevitavelmente encontraram-se...
Foi num bar Inglês que tudo começou...
Simples curiosidade virou interesse profundo...
falaram um ao outro o que se passava...
Muitos olhares foram trocados...
Posto a descoberto muita curiosidade...
Verdades tiveram que ser assumidas...
Encontros vividos...
O Interesse cresceu...
Inevitavelmente surgiu um click...e...
O primeiro beijo aconteceu!!!
Foram momentos saboreados...
Limites foram vividos enquanto sentimentos cresciam!...
Semente virou pequena planta...
Sonhadora...agarrou o que parecia despontar...
Omitindo o que sentia, tentou ignorar o que nascia!...
Marcada pelo destino, ergueu o seu castelo...
É impossível!...
Renunciar aos sentimentos que viveram...
dar o passo que nunca queria dar...
Mesmo assim estava decidida...
Afastar-se pelo bem e pela sua felicidade...
Renunciara a um amor uma paixão...
a dar lugar a uma boa amizade!!!
Tristeza!!!
Inevitavelmente ou não... fora ele a afastar-se...
Não percebera porquê... depois de tudo...de tanta magia...
Ferida no orgulho e na felicidade...
Mergulhou... abaixo da limiar do dia-a-dia...
em nuvens de solidão se envolveu...
ao ponto de nem com amigos sair!!
Chegou mesmo a chorar...
a tristeza a nostalgia percorreu-lhe o corpo, estaria a felicidade ali tão perto?...
Ofuscada por essa essência de felicidade...será que ficaria cega!!
Inexplicavelmente!!!...
Às vezes é preciso...tão pouco para sermos felizes...
Às vezes é preciso...
morrer... interiormente para que se possa renascer com novo fôlego...
é preciso morrer... para que alguém ou nós próprios
tenhamos o real valor que nunca nos deram ou disseram....
Às vezes é preciso...
...sorrir... mostrar o lado bom da vida, mesmo quando a vida teima
em não nos sorrir... mostrar aos outros a alegria que vai em nós
por termos sido capazes de sofrer e de chorar!...

1 comentário:

  1. "Às vezes é preciso... ...sorrir... mostrar o lado bom da vida, mesmo quando a vida teima em não nos sorrir... mostrar aos outros a alegria que vai em nós por termos sido capazes de sofrer e de chorar!..."

    Foi com esta frase que tudo começou...

    ;)

    ResponderEliminar